sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

AROMATERAPIA NA CONEXÃO INTESTINO E CÉREBRO

AROMATERAPIA NA CONEXÃO INTESTINO E CÉREBRO O intestino determina, em grande parte, nossas emoções, estado mental e até preferências alimentares. Da saúde do intestino depende a saúde do cérebro. À primeira vista essas afirmações podem parecer irreais – mas não são. Considere os seguintes fatos: - O intestino tem mais neurônios que a medula espinhal – cerca de 100 milhões – perdendo apenas para o cérebro em número de neurônios.
 O intestino fabrica muito mais serotonina que o cérebro. Mais exatamente, 95% da serotonina é fabricada e armazenada no intestino.
 Serotonina é um neurotransmissor – substância química fabricada pelos neurônios e que possui papel vital na transmissão e processamento das informações e estímulos sensoriais através dos neurônios. Neurotransmissores como a serotonina conectam o que acontece no cérebro com o que acontece no intestino e vice-versa. O equilíbrio da serotonina determina, em última análise, o “fundo musical” dos nossos pensamentos.

Dependendo do fundo musical, uma mesma cena (pensamento) pode ser interpretada como alegre, triste, pavorosa, engraçada, neutra, relaxante ou aterrorizante. Além da serotonina, o intestino fabrica e utiliza mais de 30 neurotransmissores – substâncias envolvidas na transmissão e processamento das informações pelos neurônios, tanto do intestino quanto do cérebro. Todos esses neurônios e neurotransmissores são necessários para a complexa função que é a passagem dos alimentos pelo intestino – a chamada digestão. - O processo de digestão envolve, entre outras coisas, o monitoramento da pressão exercida pelo alimento na parede do intestino a cada momento; o movimento coordenado desse alimento ao longo do intestino; o progresso do processo digestivo; a concentração de sal, nutrientes, acidez, alcalinidade, tudo isso sem ajuda do cérebro. Ao mesmo tempo, esses mesmos neurônios e neurotransmissores, em conjunto com os do cérebro, fazem parte da rede neural responsável pela conexão entre o bem-estar emocional e o bem-estar físico. E também, é claro, o mal-estar.

 A quase totalidade de quem sofre de doenças crônicas envolvendo o cérebro, como por exemplo depressão, pânico, ansiedade, enxaqueca, autismo, esquizofrenia etc, sofre também de problemas no sistema digestivo em maior ou menor grau, como constipação intestinal (intestino preso), síndrome do intestino irritável (alternância entre períodos com intestino muito solto e períodos com intestino preso), cinetose (enjôo fácil quando em movimento, por exemplo, numa simples viagem de carro ou ônibus), colite, doença de Crohn (tipo especial e potencialmente grave de inflamação no intestino), e todo tipo de má digestão e intolerâncias alimentares. Emoções extremamente fortes podem causar desde “frio no estômago” até diarreia e/ou vômitos.

 Quantos de nós não lembramos de pelo menos um dia muito importante, na infância ou adolescência – pode ter sido uma viagem muito esperada, um prêmio muito antecipado, um final decisivo de torneio ou competição, ou até uma prova escolar – onde, justamente naquele dia, aconteceu uma diarreia e/ou vômito “inexplicável”?

 A importância de alimentar-se com calma, mastigar bem o alimento. Situações de stress podem também provocar um aumento da permeabilidade do intestino, resultando na absorção de “pedaços” maiores, incompletamente digeridos, de material digestivo, os quais, uma vez na circulação sanguínea, não são reconhecidos pelo organismo como nutrientes a serem aproveitados, mas sim como corpos estranhos a serem atacados pelo sistema imunológico, provocando reação com produção de anticorpos – uma reação inútil que apenas serve para criar todo um estado inflamatório no nosso corpo e cérebro, o que predispõe a uma série de doenças.

Isso além de diminuir o “gás” de nosso sistema imunológico para combater os vírus e bactérias causadores de doenças que realmente importam, e predispondo, em consequência, a toda sorte de infecções. Conclusão: para existir saúde plena, o intestino tem que funcionar bem. De acordo com a Metafísica da Saúde, a pratica da expressão dos sentimentos confere bons efeitos terapêuticos e ao mesmo tempo erradica o Mal Funcionamento do intestino.

Para a Metafísica da Saúde a pessoa que tem dificuldade de se expressar na área dos sentimentos pode sofrer seriamente com o mal do intestino preso. Esta dificuldade pode também revelar um estado de completa negação do individuo em se doar para a vida e para aqueles que estão ao seu redor, existir numa recusa em externar o que sente só gera retraimento. Geralmente são indivíduos mais fechados, praticam o habito de manter seus sentimentos presos, não se abrem para ninguém. É importante lembrar que o fato de não se abrir para a vida a pessoa está negando toda a abundância presente em seu ser. Manter-se restrito é ser limitado e não desfrutar de sensações e sentimentos que exprimem a verdadeira razão de viver.

 Viver é sentir e interagir com o meio, numa troca constante que compreende o ato de dar e receber, com toda a plenitude que trazemos em nossos sentimentos mais íntimos. Infelizmente aquele que sofre de intestino preso não vive uma relação harmoniosa com a vida, porque se revela demasiadamente fechado em si. Reprimir o sentimento é distanciar-se de si a ponto de não conseguir identificar aquilo que está sentindo. Freqüentemente se negam a agir nas situações, e, quando o fazem, agem com a razão, revelando o quão distante estão das emoções e dos sentimentos. Abrir-se para Sentir a Vida, sentir-se a Si Mesmo e os seus Semelhantes é um dos caminhos para a cura do aprisionamento interno.

Abrir-se para a vida, é abrir-se para receber a abundância que ela tem à oferecer. De acordo com a Aromaterapia Clinica a pratica da expressão dos sentimentos é condição sine qua non para a manutenção da Saúde e do Bem-Estar . A aromaterapia clinica trata a pessoa com problemas de saúde de forma ampla, inicialmente se busca cuidar dos sintomas que ela apresenta, utilizando OE com propriedades terapeuticas que atendam as necessidades do quadro clinico, buscamos também atender a pessoa em suas necessidades relacionadas ao estresse, pois em muitas condições negativas de saúde o nível de estresse elevado contribui ainda mais para o agravamento do quadro apresentado pela pessoa.

Tratamento do mal funcionamento do intestino pede a indicação dos OE que contenham substancias químicas de efeito laxante, carminativo, relaxante, estimulante e de efeito equilibrador das atividades do sistema nervoso autônomo SNA. O bom profissional não deixará de oferecer OE que tenham bom efeito no equilíbrio do nível de estresse.

 Os principais OE indicados para se obter um bom tratamento: Fennel - Foeniculum vulgare - laxante, carminativo e relaxante mental e emocional Salsinha - Petroselium crispum - carminativo, laxante e relaxante mental e emocional Bergamota - Citrus x bergamia - efeito equilibrador das atividades do sistema nervoso parassimpatico Lavanda - Lavandula angustifolia - efeito equilibrado das atividades do SNA (simpático e parassimpatico) Laranjas - citrus aurantium var amara e dulce - relaxante digestivo, laxante e calmante do SNA Grapefruit - Citrus paradisi - efeito laxante por estimular o movimento peristaltico. Ylang ylang - Cananga odorata - relaxante circulatório, tónico para o coração - efeito positivo em pessoas que apresentam medo de se relacionar, ou sofreram traumas. Camomila - Nobile e Recutita - digestivo, carminativo, relaxante do sistema digestivo e dos nervos Alecrim - Rosemarinus officinalis - laxante, carminativo e tónico do SNA. A escolha e forma de uso fica aos critérios do profissional pois cada pessoa é um indivíduo e não há fórmulas prontas, mas, sim, cuidados terapêuticos elaborado de forma adequada por profissionais qualificados.
Um bom sistema digestivo se manifesta através do bom humor, da alegria e satisfação genuína de viver. (Laszlo)

Aromaterapia e Óleos
Aromaterapia o que é ?
Aromaterapia seus beneficios
Aromaterapia Canal YT
O que é e para que serve aromaterapia?
Fanpage Curso Aromaterapia
Aromaterapia Curso Online com Certificado
Aromaterapia Online
Óleos essenciais Aromaterapia Curso Online com Certificado
Aromaterapia Curso Online com Certificado Garantido
Aromaterapia Curso Online com Certificado Digital
Aromaterapia e Meditação
Quando surgiu a Aromaterapia
Métodos usados na aromaterapia
Aromaterapia o que é ?
Entrar em contato
Aromaterapia Curso - Política de Privacidade
Aromaterapia - Quem Somos
Aromaterapia Curso Online Certificado - Quem Somos
Óleos essenciais Aromaterapia Curso Online com Certificado
Óleos Aromáticos
Aromaterapia Álbum de fotos
Curso de Aromaterapia Online com Certificado Digital
Óleos Essenciais
Óleos Essenciais na Aromaterapia
Aromaterapia o que é ?
Aromaterapia
Aromaterapia Blog
Aromaterapia Foto Galeria
Aromaterapia Contato https://pedidosdecursos.com
Pedidos de Cursos Aromaterapia
AROMATERAPIA VIBRACIONAL / QUÂNTICA
Benefícios dos Óleos Essenciais
AROMATERAPIA E A CONEXÃO ENTRE CORPO, MENTE E ESPÍRITO

FENG SHUI E AROMATERAPIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário